Cuiabá 300 imagens

Um trabalho coletivo. Assim se define o @cuiaba300imagens quem propõem um documentário fotográfico colaborativo e inovador com foco em reunir múltiplos olhares para registrar a nossa capital. Será uma experiência que envolverá moradores, visitantes, e todo o tipo de público para olhar Cuiabá por meio de recortes temáticos, enfocando-a com suas câmeras e seus celulares.

Será o primeiro documentário fotográfico colaborativo de “Cuiabá” via Instagram. Assim, as pessoas poderão declarar seu amor, levando em conta características, belezas e contradições de uma cidade que emana alegria,  cresce e se desenvolve. E o que são 300 fotos? Para nós, é sempre uma nova chance de fazer melhor e de mostrar uma Cuiabá cada vez mais bela e forte. O projeto prevê o lançamento de um livro que será uma pequena fração da comunidade de milhares de pessoas que tornará isso possível, além de uma exposição com as fotos selecionadas.

“Justamente pela velocidade com que as mudanças estão ocorrendo, este processo precisa ser documentado” cita a Diretora Geral, Viviene Lozi que também coordena o trabalho. “No passado, Cuiabá contava com os serviços fotográficos do mestre Lázaro Papazian Chau que fez diversos registro da paisagem, seus moradores, arquitetura e cultura da cidade. Mas hoje, quem poderá fazer isso com mais autoridade do que as pessoas que já circulam por toda a cidade clicando e compartilhando milhares de fotos diariamente? Fotografar passou a ser uma atividade básica, incorporada à cultura e ao cotidiano de todos os seguimentos da sociedade.”, acrescenta Viviene. Quando o cenário de nossas vidas é Cuiabá, não pode mais faltar uma câmera no bolso, acrescentando o Instagram e sua revolucionaria interface de publicidade e feedback – que nos diz, em tempo real, quantas pessoas estão colaborando e curtir a produção postada.

Cuiabá 300 imagens conta com o fomento, firmado em dezembro de 2017, do Governo de Mato Grosso via Secretaria de Estado de Educação e Assembleia Legislativa, por meio de emenda parlamentar do Deputado Estadual Guilherme Maluf. Esse apoio prevê uma ação estendida nas escolas públicas de Cuiabá com a realização de 38 oficinas educativas de fotografia e crônicas que inicia no segundo semestre de 2018. A Prefeitura de Cuiabá, também é apoiadora do projeto através da Secretaria dos 300 anos Cuiabá.

A Ação cultural desenvolve há mais de 10 anos oficinas de produção poética e fotografia nas escolas públicas de Cuiabá, o que facilita na replicação de uma metodologia e tecnologia adquirira via o projeto Poesia Necessária que possui três livros publicados e está lançando esse ano o quarto livro.

A curadoria para a seleção das imagens será composta por Ramon Carline – Editor, Rai Reis – fotógrafo, Viviene Lozi – Produtora Cultural, Isa Sousa – Fotografa. Haverá premiação para as 3 melhores fotos, selecionadas por votação aberta.

Os produtos previstos são:

1 documentário fotográfico,

300 imagens selecionadas,

1 exposição com 300 imagens;

1 livro com 300 imagens;

38 oficinas nas escolas publicas de Cuiabá sobre fotografia.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *