image

Nós somos a Ação Cultural

HÁ 23 ANOS TRANSFORMANDO VIDAS ATRAVÉS DA CULTURA​

NOTÍCIA

Poesia Necessária se prepara para lançar sexta coletânea produzida por alunos da rede pública

O projeto Poesia Necessária se prepara para lançar a sua sexta coletânea de poesias, crônicas e fotografias produzidas por alunos da rede pública de ensino de Mato Grosso. Ao todo, serão quatro livros produzidos por alunos de Cuiabá, Várzea Grande, Poconé e Rosário Oeste. O lançamento está previsto para o mês de agosto.

Lançado em 2006, o projeto tem como objetivo incluir a leitura no dia a dia dos alunos e criar ferramentas capazes de despertar a criatividade para a produção de poemas, crônicas e o aperfeiçoamento da leitura dentro e fora de sala de aula.

As oficinas de produção poética foram ministradas pelo poeta Vinícius Masutti, que ressaltou que os alunos se envolveram verdadeiramente com a experiência e passaram a vivenciar a importância da poesia no dia a dia.

“Esse projeto sempre me surpreende. O objetivo é fomentar a literatura, fazer com que eles expressem sentimentos e pensamentos.  Confesso que estava receoso com as novas turmas, por causa da má influência de mídias sociais e imediatismo, mas não. Os alunos não só compreenderam a importância da poesia como produziam já no primeiro encontro. Estou com muito material e sempre saio feliz dos encontros, porque além das produções, o que mais importa é o raciocínio que a poesia promove”, pontuou o professor.

Aula de fotografia com o fotógrafo documental Ahmad Jarrah

Já o fotógrafo, Ahmad Jarrah, que é mestre em Estudos de Cultura Contemporânea, jornalista, fotógrafo documental premiado e contador de histórias, contou que alguns alunos não tinham celular, então as oficinas foram ministradas de forma inclusiva para que todos pudessem participar e desenvolver o olhar para a fotografia e para a sociedade a sua volta.

“Foram aulas muito bacanas e encontros muito produtivos. Cada escola tem um perfil de alunos e um contexto da cidade para ser fotografado. Os alunos abraçaram essa ideia e os alunos conseguiram desenvolver o olhar fotográfico a partir do que estava em torno, dos vizinhos, das ruas, calçadas, casas, quintais e foi muito bacana perceber como eles se interessaram. Temos diversos talentos dentro dessas escolas e o que falta muitas vezes é a oportunidade de ter um conteúdo como este para que eles possam se desenvolver com essas atividades que fazem parte da construção do conhecimento”, explicou o fotógrafo.

As unidades que participam desta etapa do projeto são as escolas estaduais Maria Helena (Poconé), Heliodorio Capistrano (Cuiabá), Escola Estadual Professora Elizabeth Evangelista Pereiro (Rosário Oeste) e Escola Estadual Fernando Leite de Campos (Várzea Grande).

Ao longo dos 18 anos de projeto, os alunos foram incentivados a praticar a leitura e a escrita por meio de ações e atividades aliadas à temática da educação não formal, que usa como ferramentas a poesia, a literatura, a produção textual, a fotografia, exposições, palestras, oficinas e publicação de livros.

O projeto tem o apoio de diversas empresas por meio da Lei Rouanet do Ministério da Cultura e já recebeu alguns prêmios como o Pontão Poesia Necessária, do MinC em 2011, HSBC Solidariedade, em 2010, História de Pontos, em 2009, da Secretaria da Diversidade Cultural do MinC e Pontinho de Leitura Poesia, em 2008, do MinC.

Para mais informações sobre o projeto basta entrar no Instagram do Projeto @poesianecessariamt ou @acaocultural e pelo telefone (65) 9 8409-9628.

Rolar para cima